Pitanga do Cerrado

PitangaDifícil escolhermos nossa planta preferida, pois todas, sem exceções, apresentam seu momento de auge da beleza em florações e frutificações impressionantes,

mas temos de admitir que algumas espécies nos surpreendem por determinada característica.

Uma dessas espécies é a Pitanga do Cerrado (Eugenia pitanga) da família das mirtáceas, arbusto rizomatoso de até 2 metros de altura encontrado em estado nativo nos cerrados e campos do estado de Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Essa frutífera chama a atenção pela sua incrível precocidade na produção de frutos, plantinhas de apenas 15 cm florescem e muito mais incrível ainda é que seguram as frutificações, a precocidade da espécie a torna uma excelente opção para o cultivo em vasos podendo ser cultivada em pequenos espaços desde que recebam uma boa insolação.

Seus frutos são graúdos e vistosos e com polpa suculenta doce-acidulada, como a Pitanga tradicional, podem variar na coloração de vermelho vivo, roxo escuro ou alaranjado e pode ser cultivada em vasos de tamanho médio a grande ou até mesmo pequenos e mesmo assim frutificará abundantemente.

Plantada no solo resulta em um pequeno arbusto de compacto que pode atingir em torno de 2 metros. Desenvolve-se nos mais variados tipos de solo e para que produza frutos mais adocicados é necessário que seja cultivada em pleno sol.

 

Tradutor