Pitaya Amarela - Selenicereus megalanthus

PitayaAgora em agosto vamos falar da Pitaya Amarela - Selenicereus megalanthus, originária do Equador.

A Pitaya-Amarela - Selenicereus megalanthus - é uma cactácea trepadora nativa do Equador e ainda pouco cultivada no Brasil. Seus frutos alongados com tufos de espinhos que se desprendem facilmente da superfície. Sua polpa é de sabor suave e adocicada o que a torna uma das preferidas para consumo ao natural. Fácil de cultivar, basta plantá-la apoiada em troncos de árvores, mourões de madeira ou postinhos de concreto usando nas covas substratos ricos em  matéria orgânica e bem drenados.

Luz: Pleno sol ou meia-sombra.

Solos: Ricos em matéria orgânica e bem drenados.

Irrigação: Manter a cova úmida sem encharcamentos, também evitar que a planta sinta falta de água repentina para que não murche demasiadamente.

Origem: Equador.

Preços: Mudas em sacos plásticos e estaqueadas - R$ 15,00

 

 

Tradutor