Cipó-Alho - Mansoa alliacea

Mansoa alliaceaO Brasil é o paraíso das bignoniáceas, basta observarmos a quantidade de ipês nativos por aqui, até a árvore símbolo de nosso país pertence a essa família, o Ipê-Tabaco - Handroanthus vellosoi.

As espécies trepadeiras são incontáveis, com floradas exuberantes nos mais variados tons de cores. São tantas espécies que algumas são até um tanto "injustiçadas" que é o caso do Cipó-Alho - Mansoa alliacea. Essa trepadeira de floração espetacular é mais conhecida no exterior que aqui no Brasil e é fácil conferir essa informação, basta digitar Garlic Vine nos sites de busca e aparecem centenas de artigos e imagens sobre a planta em sites de outros países pelo mundo todo.

Essa trepadeira é bastante vigorosa e extremamente florífera, floresce várias vezes durante o ano, sua floração surge em grande quantidade com inflorescências compactas e arredondadas. As flores recém desabrochadas são de coloração rosa-arroxeadas e à medida que vão ficando mais maduras vão mudando para rosa bem claro quase branco resultando em efeito visual muito interessante, semelhante aos dos manacás.

O Cipó-Alho é encontrado em estado nativo por toda a Amazônia brasileira e de países vizinhos do norte da América do Sul onde é chamado de ajo sacha em espanhol quíchua que significa alho silvestre. Existem referências que essa planta é usada na culinária para substituir o alho e também para fins medicinais. Em paisagismo apresenta inúmeras utilidades: para cobrir alambrados, cercas, caramanchões e também pode ser conduzida como arbusto isso através de podas frequentes.

Luz: Pleno sol.

Solos: Vários tipos de solos, preferencialmente os ricos em matéria orgânica e descompactados.

Origem: Norte da América do Sul e partes da América Central.

Muda: R$ 10,00

Tradutor