Randia Africana - Randia maculata DC - Rothmannia longiflora Salisb.

Randia AfricanaEsse arbusto africano produz flores muito decorativas com visual bastante diferente. É bem fácil de cultivar nas condições climáticas brasileiras e com diversas utilidades em paisagismo.



No continente africano existem diversas espécies de rubiáceas muito decorativas que se espalharam pelo mundo todo, basta lembrarmos a Gardênia ou Jasmim do Cabo, um dos arbustos mais usados em paisagismo aqui no Brasil. Porém além das gardênias existem outras rubiáceas africanas de grande valor ornamental, uma delas é a que chamamos de Randia Africana - Randia maculata. Esse arbusto ou pequena árvore com tamanho variando entre 4 a 5 metros está começando a aparecer em jardins brasileiros, é encontrado em estado nativo em diversos países da África Tropical Ocidental, Guiné Bissau, Camarões, Congo, Uganda e Angola. A maior qualidade ornamental está nas flores que são em formato de trombetas com a parte interna caprichosamente manchadas (maculadas) de roxo-escuro. A parte externa é toda colorida de roxo-escuro. No Brasil o primeiro local onde a Randia Africana foi cultivada foi o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, aqui na Fazenda Citra em Limeira temos duas matrizes plantadas das quais coletamos sementes pra produção de mudas. Em paisagismo pode ser usada em cercas-vivas, plantios em grupos ou de forma isolada.

Luz: Meia-sombra ou pleno-sol.
Solos: Descompactados e ricos em matéria orgânica.
Origem: África Tropical Ocidental.
Preço: Mudas acondicionadas em sacolas plásticas a R$ 10,00

 

Tradutor